terça-feira, 5 de Abril de 2011

Exposição de Figurinos de Patrícia Costa até 20 de Abril no Palácio das Artes



<< Nasci no Porto, trabalho como freelancer,
desenvolvendo projectos na área do figurinismo,
cenografia, interpretação e design gráfico.

O meu trabalho tenta ter um registo artesanal.
Pormenores com histórias por desvendar.
Objectos gastos pelo tempo. Texturas que nos aguçam a curiosidade.
Perfurando tradições, criando e aproveitando imperfeições tão necessárias ao processo.
O erro e a história podem ser preciosos elementos!
É neste caminho com atalho tradicional e retalho de hoje que me revejo,
montando e desmontando, entre linhas e panos, entre objectos formes e disformes.
Procuro viciosamente aproveitar coisas que já existem.
Em segundas, terceiras ou quartas mãos,
repensando, reformulando, entrelaçando com outros elementos
e muitas vezes dando-lhe uma nova função,
guiada, acima de tudo, pelo mote da intuição.
Sendo a vertente da reciclagem um factor permanente nas minhas propostas.>>
.




Patrícia Costa . Porto, 1974


Licenciada em design gráfico na Escola Superior de Arte e Design. Iniciou a sua formação de bailarina na Academia de Bailado Clássico Pirmin Treku. Integrou a Companhia de Dança do Porto entre1996 e 2001 e posteriormente na Companhia Ballet Contemporâneo do Norte 2005-2007. Neste momento desenvolve projectos na área do figurinismo, cenografia, interpretação/performance e design gráfico. Na área dos figurinos destaca as produções: "Lenheiras de Cuca Macuca", "Lendas da Floresta", "Viagem Medieval", "Entre Lugares" para o Teatro e Marionetas de Mandrágora, "Xerazade não está só" uma co-produção da Companhia Lua Cheia e Teatro e Marionetas de Mandrágora, "Nocturno" para o Ballet Contemporâneo do Norte, o musical "Lugar Nenhum" para o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, performance "Mantas cheias, cheia de mantas" e a produção "Os Aguadeiros" para a Câmara Municipal de Santo Tirso. Em 2010, na área de cenografia destacam-se: a Ópera "A Mascarada" uma co-produção do C. M. C. Gulbenkian e Theatro-Circo, em Braga; fez direcção plástica e interpretação em "Estórias de Engraxar" no âmbito do Festival FIAR 2010. Em Novembro deste ano, estreou a produção "F.U.N.I.L." com a Companhia de Teatro e Marionetas de Mandrágora, na qual fez direcção de movimento e design gráfico. Foi bailarina e figurinista do grupo de dança e percussão afro tribal "Semente" durante o ano de 2010. Em Fevereiro deste ano fez cenografia e figurinos para o musical "Once upon a time", mais uma co-produção do C.M.C.Gulbenkian e Theatro-Circo. Em Março, estreou a última produção "Entre todas as coisas" de Teresa Prima, objecto coreográfico no âmbito do GUIdance - Festival Internacional de Dança Contemporânea, promovido pelo Centro Cultural Vila Flor de Guimarães, na qual fez os figurinos. Neste momento elabora cenografia e figurinos para o "Sonho Americano" - Concerto Dia Mundial da Criança 1 de Junho 2011, um espectáculo do Serviço Educativo da Casa da Música.

de Segunda a Sexta-Feira das 9h30 às 19h.

Sem comentários:

Enviar um comentário